sábado, 17 de abril de 2010

Vou deixar


Vou deixar correr
deixar amar
deixar sentir
vou amar-te aqui
sempre, agora
vou sofrer já antes e depois
como se hoje fosse ontem
e o amanhã o infinito
vou gostar de chorar
de gritar de ouvir
de sentir de olhar
vou deixar viver
sem medo sem receio
vou esperar cada dia
a tua voz de sempre
amo-te amor
amo-te também a ti
Foto: Nós


Um comentário:

Vieirinha disse...

AMUTE LUISASANTOS